terça-feira, março 30, 2010

Igreja vs Igreja

Volto à carga relativamente a todas as polémicas fundamentadas que afectam a "Mãe Igreja" na panóplia social e mediática actual. Como já mencionei em post anterior, creio que a questão de fundo que deverá dar azo a reflexão profunda, prende-se com a treta institucionalizada da figura corporizada do celibato. A outra "ponta solta" da questão tende para vergonhosa actuação do actual Papa que, segundo indicações contundentes, encobriu a pedofilia praticada por um sacerdote há mais de 20 anos quando ainda era Cardeal. 

O problema tramado - fucked -  que a Igreja tem de resolver é dentro de si mesma; a dogmatização de certos temas e a teoria do encobrimento e sonegação continuam a vingar de forma vergonhosa e decadente. Não basta um pedido de desculpas público com selo Papal ou encontros para "inglês ver" com cardeais e bispos dos países onde essa chaga e estigma pedófilo foram revelados. 

O Combate é, na sua génese original e de fundo, dentro da própria essência da instituição Igreja. Se a solução ideal é refundir, repensar, ou deitar as paredes abaixo e mudar também os alicerces...isso já não sei...os teólogos que o assumam e o povo que o exija.

Duelo de Titãs

Hoje os 2 pesos pesados (embora um seja papa supremo...) do futebol cá do burgo são entrevistados na televisão por volta das 21 horas. Pinto da Costa e Luís Filipe Vieira, terão como palco RTP e SIC, respectivamente, com a conversa a ser conduzida pelos experientes jornalistas Judite de Sousa e Miguel Sousa Tavares. 

Polémicas em alta e verniz estalado com o caso Hulk; serão certamente tópicos mais do que suficientes para prender a atenção de largos milhões de indefectíveis seguidores do astro rei do futebol. Pena é que a concorrência feroz tenha destinado as entrevistas reportadas para a mesma hora e dia. Resumindo: Ou vou andar a fazer zapping nervoso para "apanhar" as notas soltas de uma e outra figura, ou então opto por uma escolha unitária...adivinhem qual...

Freedom Fighter(s)


Havana, 30 mar (Lusa) - O dissidente cubano Guillermo Fariñas, em greve de fome pela libertação dos presos políticos doentes desde 24 de fevereiro, informou que lhe foi restabelecida na segunda feira a alimentação intravenosa, suspensa no sábado passado devido a uma infeção bacteriana.
Em declarações feitas por telefone à agência EFE a partir do hospital Arnaldo Milián Castro, na cidade de Santa Clara, onde está internado há duas semanas, o opositor explicou que o catéter pelo qual recebe os nutrientes lhe foi novamente colocado na segunda feira de manhã na jugular direita.
O tratamento continua a incluir a toma de antibióticos para combater a bactéria que causou a infeção 
(staphylococcus aureus).

Pecado Pascal

a-ná-sta-sis

 APRENDER A SER O OUTRO: Estamos tão concentrados naquilo que julgamos ser a melhor atitude que nos esquecemos de algo muito importante: para atingir os nossos objectivos, precisamos de outras pessoas, portanto, não é apenas necessário observar o mundo, mas imaginar-se na pele dos outros, e saber como acompanhar os seus pensamentos. Isto vale para o AMOR e para a GUERRA. ENCONTRAR O MESTRE CORRECTO

"in A Compreensão Impassível" - "Ser Como O Rio Que Flui" Paulo Coelho

Aproxima-se o aroma doce da Páscoa. Por norma, altura contemplativa em que tentamos fazer a paz interior individual e colectiva, em nome da morte e ressurreição de Cristo. Ainda não sei se vou encontrar a minha paz interior/reciclagem nos ares da Invicta que me adoptou faz 17 anos, ou se terei a oportunidade de fugir 3 ou 4 jours à lógica da luta diária levada ao extremo e zarpar felino para o meu Algarve de nascimento. 

São tempos de lutas fodidas e difíceis, afinal não vale a pena dar peidos cagarolas para o ar com o "armanço" de superioridade que muitos iluminados mortais teimam em praticar; porque afinal tudo se resume em cuidarmos não somente de nós mas de todos aqueles que amamos e queremos bem. 

De forma directa ou indirecta, creio que a força que flui deste Universo louco ainda nos leva para os caminhos e estradas que temos inevitavelmente que percorrer: Em tons por vezes de calvário com espinhos mais ou menos ensanguentados; noutras instâncias com a força da fé e da esperança que recuperamos no meio de um percurso que não é efectivado em linha recta padrão.

Todos procuramos um equilíbrio na balança que muitas vezes nos foge, todos procuramos uma redenção permanente das borradas que fazemos e o reconhecimento para as boas acções que praticamos. O segredo está em (sobre)viver para lutar mais um dia...e talvez conseguir fazer melhor...tentar?! Sempre!!!

 n.d.a: "a-ná-sta-sis" - Significa "levantar, erguer"; do Grego antigo.


segunda-feira, março 29, 2010

Pops Out

Longos Dias (são 100 anos)

Lembro-me do titulo do saboroso livro de Agustina Bessa Luis, quando chego à casa do "Ice" e começo a prova de degustação - antes do jantar - envolvido em conversa animada acerca do tema de fundo primordial sob o qual começa qualquer fio de conversa interessante: Futebol. 

Sábado regado com vitória tangencial (mas suficiente) do "meu" Benfica ante o Braga, e a passadeira red do titulo a começar-se a estender de forma bem real. Rodeado de Portistas, minha sina diária, aguentei bem a investida amigável do Pedro e do "Ice"; com o desinteresse simpático e cúmplice de outros amigos portistas (3) não muito convictos.

Noite bem agradável em que a supresa suprema foi a arte do "Ice" na cozinha com camarões em alho saborosos e um misto de bambu e rebentos de soja escorridos em cogumelos laminados divinais. Tudo é realmente possível neste mundo de imprevistos bons e maus...até um dos meus mejores friends já domina arte da cozinha...

Café da Manhã

O dia começa a escorregar muito mais cedo que o usual. Levanto-me que nem sonâmbulo e passo água gélida pela cara mal amanhada ainda pelo enrugar curto de 3 horas de sono. Noite em voltagem produtiva a esquematizar o primeiro clipping-report do novo projecto "Festival Euro Kids". Entre Porto e Oeiras, serei o responsável de comunicação e imagem de um evento único dividido em 2 palcos dinâmicos. Pego o primeiro maço de cigarros do dia no Monsanto, saboreio um café quente, em antítese com o tempo chuvoso e frio, e arrepio caminho. 

Olho brevemente para o rosto de aqueles que se levantam dia após dia nas madrugadas frias para ganharem a vida puta; o pensamento foge-me para quando era miúdo e a minha Mãe carregava comigo a pé - à chuva e ao vento - para me levar à abençoada Avó "postiça" (mas de coração) Polidória. Sorrio sozinho no meio da multidão e suspiro...saudades da minha Avó de criação e dos cheiros do casarão na Rua José de Matos. 

sábado, março 27, 2010

Bocejo(s)

No momento de  lapso temporal em que escrevo estas linhas, Pedro Passos Coelho acaba de ser eleito líder do fracturado (e fracturante...) PSD. Após um dia de reuniões bem produtivas para os lados da Maia, não tenho pachorra para tecer um comentário fundamentado acerca de tal desiderato bocejante; apenas coragem para acabar este parágrafo mal derramado e fumar um cigarro tardio antes de cair nas garras suaves da antecâmara do sono tranquilo.

terça-feira, março 23, 2010

Jesus Também Chora

Após a final da Taça da Liga de Domingo passado, todos observámos no final do match as reacções típicas de quem ganha e quem perde numa qualquer tarde de futebol universal. 

O duro Jorge Jesus deixou cair a máscara de português macarrónico intragável, colocou a pastilha que masca furiosamente para o canto da boca, e chorou que nem mortal puro ao dedicar a vitória a seu pai (hospitalizado recentemente). É por estas e por outras que me continuo a identificar com o conceito simultâneo de Herói/Anti-Herói. 

Passo a explicar: Prefiro mil vezes um Jesus (Jorge) a um David Beckam estilizado ou a sua homónima Vitória "anoréxica" Beckam. Também é por isso que prefiro o Mickey Rourke, como comprova esta ligação aqui via You Tube. 

Acho que vocês já "got the fucking picture"...

O Porquê (das "gajas")

Respondendo à questão existencial "O Porquê das Gajas", colocada por alguns amigos via e-mail ou pela plataforma facebook (o meu blogue tem scroll directo automático nessa plataforma social). Assim sendo a resposta é assaz simples:

1) Gosto da Beleza Feminina, sem tom machista, e "dai" a opção que saborosamente derramo em imagens no meu blogue.

2) É uma técnica básica e rudimentar de marketing, pois fomenta o choque causado pelas imagens ousadas, fixando a atenção do leitor para o blogue em si (se não o conseguir...pelo menos vem as imagens...).

A Gerência agradece que continuem a ler os textos e a visionar as imagens...

A Bela e o Espelho...

Forever Young (3)

A cerca de 1 mês da 3ª edição do evento "Forever Young" no Club Bela Cruz, começam já as movimentações normais de uma estrutura bem oleada. O primeiro telefonema do Miguel Mesquita - a disparar gás criativo - marca sempre o inicio das "hostilidades", permitindo-me a moi trabalhar com a carga elevada de adrenalina que permite o despoletar da dinâmica da "coisa". 

Tempo de desenferrujar as plataformas multimédia, estruturar os moldes dos primeiros presses; trabalhar dossiers de sponsorização; bem como estruturar toda a gama de textos de convites e afins. Noitadas derramadas a ajustar os "pormaiores", mas com a satisfação de, pela 3ª vez, assegurar a assessoria plena do evento per si.

Tripas à Moda do Porto (II)

Cedo ao passo alargado  fruto proibido do dia a dia desgastante, sempre com o cérebro a explodir na rapidez do pensamento "o que vou fazer a seguir". Vou ao sitio do costume comprar os maços diários de vicio em forma de cigarro maldito e fixo o meu olhar cansado mas atento, numa mesa particular. Cedo à tentação de um café e desloco a visão para as chamadas de capa dos jornais diários. Desvio novamente o olhar aceso nas asas de um cigarro na mesa que me prendeu a atenção: Ele com ar de bronco típico, e pulseira reluzente de chulo de 3ª categoria; Ela com o tom achocolatado de pele que remete para um Brasil profundo em tons sensuais. 

Pelo sotaque na fagulha da discussão que eclode, talvez seja de Salvador ou da bela Bahia. Solta fogo com os seus olhos negros e com a linguagem cavernosa já mesclada na ode de calão de Português de Portugal. Ele vocifera palavras intragáveis, que supostamente tem a ver com um cliente insatisfeito. Não há consenso no meio do explodir da tensão que sobe de tom. Nas mesas limítrofes todos fingem não reparar, embaraçados, mas seguros na capa hipócrita que nos caracteriza como povo de brandos costumes. Desisto de tentar intuir os "Comos e Porquês" causadores dos azedumes. Passo por eles com olhar de desdém indiferente para o alegado chulo, seguindo discretamente os traços do rosto da beleza dela. 

Por um momento os nossos olhares se cruzam e rapidamente se desviam. Por detrás de um rosto, de uma voz e de um cheiro, existe sempre uma história que fica oculta e por revelar. Sigo apressado concentrando-me já nos arrepios do dia a dia de luta árdua.

segunda-feira, março 22, 2010

Loira Estilizada

O Cherne e o Especial

No mundo existem portugueses cobiçados pelo seu valor profissional e alta qualidade demonstrada. Nos últimos dias o interesse dos tubarões do velho futebol europeu tem assediado o special one José Mourinho. De Espanha o Real Madrid lança a dança da sedução; de Inglaterra os clubes de Manchester (United e City) lançam charme destilado em elogios de desejo. Nas antípodas desta consagração surge Durão Barroso, vulgo "cherne", que para os lados do parlamento europeu tem destaque de relevo; mas tendencialmente é tragado na onda problemática de uma Europa em velocidades (e vozes...) bem diferentes. 

No primeiro caso (Mourinho), a arrogância de um "special" mas com um alto sumo de conteúdo e competência profissional. No segundo, apenas um "cherne" igual a muitos...

Vermelho em Tons de Azul

Tarde bem passada para os lados de Valongo em casa de amigos, com petiscada bem adornada de comida e liquidos frutados (abençoado Santa Marta de Penaguião 2008...); no meio de conversa solta e derramada de forma sincera. 

Aziago este Domingo para os 6 portistas que comigo visionaram a goleada vermelha na final da taça da liga disputada no "meu" Algarve de coração. Sem espinhas e sem contestação possível, confesso-vos que faltou o sal da polémica ou o tesão de um jogo equilibrado. Resignados com a minha satisfação tranquila, a vingança colectiva e solidária, recaiu na morcela saborosa, nas azeitonas caseiras e queijo amanteigado; acompanhado por frango picante. 


Falando em frango...o primeiro golo benfiquista...

domingo, março 21, 2010

Super Bike/Super Legs

Crónicas do Brasil (IV)



Estou aqui no sul do Brasil, ainda muito calor, dizem ser efeitos do tal “El Ninõ” que desestabiliza a temperatura dos oceanos. No Chile ainda se contabiliza as perdas causadas pelo terremoto, e ao que tudo indica é muito pior do que noticia a mídia.
Hoje a NASA divulgou uma nota, onde pesquisadores constataram que o efeito do terremoto no Chile irá influenciar diretamente a duração dos dias na terra, teremos um milésimo de segundo a menos, nas já insuficientes 24 horas que dispomos.
Em tempos cada vez mais globalizados, rotinas estressantes e inúmeros compromissos que muitas vezes nos roubam até mesmo nossas noites de sono, não é uma notícia motivadora.
Em se tratando do mundo da políticagem, esta pesquisa poderá até ajudar, afinal os profissionais da política terão um milésimo de segundo a menos para ludibriar o povo. Piada? Que isto, pura constatação.

Com a devida vénia autorizada do blogue da minha amiga Elaine Noal

Espasmo Poético...

Te desnudo
Te enlouqueço
Te faço perder o juízo
Te possuo como fera
Acalmo o teu cio
Te beijo
Te toco

Faço o que quiseres
Sacio teus labios
Mato tua sede na saliva
Gemidos contigos?
Solte seus uivos

Te quero selvagem
Minha sede
Sacio com teu mel
Bebo direto da fonte
Se me pedes

Com prazer te amo novamente
Na relva
Na cama
Onde quiseres....

Um poema "amador" sacado aqui

Jogo d'Mãos

Hipocrisia Papal

As recentes polémicas da Mãe Igreja, envolvendo abusos a menores, um pouco por todo o mundo somente serão supresa para os "anjinhos" terrenos que vivem num mundo etéreo à parte. De facto achar chocante factos já reportados há centenas de anos e que remetem para a porra da velha questão do celibato (ou não) dos padres, freiras, bispos e doutos peões da igreja; somente revela o facto de que estamos num mundo de hipocrisia instituída e institucionalizada. 

Para mim, a forma de suavizar tão vergonhosa ferida, começaria não pelo pedido de desculpas de treta que o Papa fez; mas tão somente por repensar a questão base do celibato e suas implicações. Numa vertente católica da coisa, se o bom Deus não quisesse que os homens e  as mulheres fornicassem com paixão, não teria certamente criado as "ferramentas" que criou...digo eu...

sábado, março 20, 2010

Copos & Amizades

Noite de sexta aproveitada para botar a conversa em dia com o Tozé em jantar de bifanas picantes e tudo aquilo que faz mal ao corpo e bem à alma. Um vinho tinto bem escolhido, sorvido entre dois dedos de conversa até à chegada da turba de meia dúzia de amigos para prolongar a conversa até horários tabu, com cafés quentes e whisky exemplar em doses certas. No meio da loucura do dia a dia, das desilusões causadas pelas doces ilusões que criamos; nada melhor que a companhia daqueles que nos estão próximos para exorcismos de alma e catarses existenciais que nos permitam enfrentar as batalhas que se avizinham com esperança nos olhos e ânimo no corpo mental.

La Liga (cup)

Domingo será o dia de final explosiva entre um FCP em crise aguda e um SLB em plena onda eufórica de entusiasmo desmedido; perigo sempre terrifico quando se trata de níveis desmesurados de confiança que se podem transformar em douta arrogância. Visionarei o jogo no meio do calor de amigos dragões, sendo até ao momento o único intruso Red presente. Mesmo em minoria, espero festejar solitariamente, no meio da multidão azul e branca, o 1º troféu deste mágico Benfica e de seu profeta da táctica do deus rei futebol: Jorge Jesus de seu nome.

sexta-feira, março 19, 2010

Stereo Quality...

89m (again)

Há poucos dias escrevi aqui sobre a numerologia, e o enquadramento resvalado para o "meu" Benfica acerca do simbolismo do número/minuto 89. Ontem a águia em França, deu baile de futebol aos Marselheses e selou o destino da eliminatória da Liga Europa ao minuto... 89. Para mais o portador da lança de fel para os gauleses, dá pelo nome de...Alain Kardec; similar ao criador do conceito do espiritismo moderno e autor de um livro que me fez as delicias há anos atrás: "O Evangelho Segundo o Espiritismo".

Policarpo

Para 62 anos tem uma pinta só comparável a (outro) bom homem para  os lados de Felgueiras. Olhos claros, sorriso  aguçado, e "paleio" para dar e vender. Homem vivido, rebelde e impulsivo; com uma ética moral como já não se usa nos tempos actuais em que tudo é rápido, volátil e sem muitos esforços. Bom pai, excelente marido e, essencialmente, o meu melhor amigo. 

Saudades dele neste dia do Pai. Saudades das nossas conversas sobre  o mundo mundano, sobre as gajas que passeiam sensuais nas esplanadas do nosso Algarve no verão. Saudades do abraço de amigo, da cumplicidade de olhares e da troca de piadas parvas sem nexo. Saudades do que afinal, graças a deus, continuo a ter mesmo à distância de quase 700 km. Hoje é o dia"P".

"P" de Pai, "P" de Policarpo. No pensamento e no coração corporizado; sem merdas e mariquices. Sem máscaras, somente com a sinceridade ao alcance dos grandes e imortais. O meu Pai é assim...grande e imortal...sempre...para sempre...

quarta-feira, março 17, 2010

Special Rules...


Mourinho sorprende un Chelsea opaco prima schierando una formazione super-offensiva (l'olandese dietro a tre punte) poi però con una condotta tattica accorta, fatta di pressing e organizzazione. Qualche rischio solo a fine primo tempo, con occasioni per gli uomini di Ancelotti e un paio di episodi a rischio rigore. Poi la grande ripresa e il gol capolavoro.


Cit in Gazzeta.it

terça-feira, março 16, 2010

Notas d'amizade

Boas noticias entre o clã restrito de amigos pelos quais vou à guerra. O "pencude" consegui merecida promoção lá para os lados do "me Fare" de nascimento e coração, galgando para a coordenação do museu principal lá do burgo. Tudo parece a rolar bem com o "Zeei"; o "Cubano" com uma filha linda e a crescer bem como o Jorge com 2 diabas já à solta. O "engenheiro" a galgar nos estudos aprofundados na bela Coimbra, bem como os "brothers" na sua luta diária. 

A família de coração também a avançar de forma positiva no global possível de tempos dificeis e a minha Avó "Tajana" a recuperar a olhos vistos no alto dos seus joviais 90 anos. Nada é perfeito, mas melhor as simples e singelas good news que arautos de negativismo e vias obstruídas pela vida, por vezes madrasta nos seus actos disléxicos/existenciais.

Sexy Twins

Má Sina Boa Sina

Muitas vezes nos interrogamos nas encruzilhadas da vida da malapata que nos parece reger de forma firme; atraindo-nos para buracos negros e vortexes existenciais em que o má sina nos parece sugar a porra do tutano até à alma ressequida e seca por tantas barreiras e obstáculos. Nunca fui daqueles que lamentassem os espinhos da vida e as barreiras que surgem; sou dos que obstinadamente tentam seguir em frente tirando as pedras e arregaçando as mangas para o patamar seguinte, buscando a fortuna da boa sina.

A ética que procuro transmitir em tudo o que faço, resume-se ao facto de me aceitar como ser imperfeito que sou mas sincero nas minhas convicções e crenças. Ainda não lido bem com a lógica das amostras de "tubaralhos" que nos surgem no dia a dia pessoal e profissional; a lógica instituída da teia de interesses que hoje parece ser núcleo constitutivo de tudo o que nos rodeia na flacidez existencial no day by day de muitos. Ainda sou daqueles que acredito nos outros e em mim...enquanto assim for...

segunda-feira, março 15, 2010

Express...

A Verdade (do Vinho...)

Dia de Domingo excelentemente passado em companhia de meia dúzia de amigos em meu apartamento. Amêijoas com carne de porco à alentejana; saladas várias e doce vinho Gazela (branco) a desfilar de copo em copo, ante conversa animada e sem rumo certo. Sobremesa divinal com tarte de morango folhada, afogada em canela e mel, com a suavidade de chantily cremoso e viciante. 

Café aromatizado com Whisky, e a tarde a estender-se até bem perto das 20. Zapping que nem bebe pelos 110 novos canais de tv instalados, e o doce sabor de chamadas para o meu Algarve de coração para os entes queridos. A vida pode por vezes ser uma besta fodida, mas estes pedaços de céu simples e sincero dão-nos as energias certas para a continuação dos sonhos, mesmo ante as dificuldades que se nos deparam nos caminhos e passos que damos.

PSD(s)

Um final de semana marcado na agenda politica pelo congresso extraordinário do PSD. Sem rumo e em naufrágio profundo; assistimos ao  esgrimir de argumentos dos 4 candidatos assumidos à perseguição do ceptro almejado de supra sumo laranja. Nada de particularmente novo ou inovador para os lados sociais democratas; exceptuando uma proposta (aprovada) de Pedro Santana Lopes que visa penalizar todos aqueles militantes que falem por voz própria e dissonante relativamente ao líder do partido.

Uma forma de Estalinismo versão laranja, fazendo recordar que afinal a lógica partidária dos partidos tugas se resume à já célebre "lei da rolha". Nada de novo, nada de positivo, nada de nada...neste congresso Social Democrata...apara final para o apoio massivo à reeleição de Cavaco Silva, forma de prémio de consolação para tanto desnorte colectivo...

Avatar (versão tuga...)

sábado, março 13, 2010

89

A numerologia é uma ciência(?) que tenta explicar a lógica mundana activa, através da associação numérica e enquadra-la numa lógica hermética/matemática muito sui géneris. Não acreditando muito nessa panóplia em que tudo é quantificável na lógica das equações dos números, recordo-me da mão de Vata no minuto 89 no ano de...1989, que deu ao Benfica (ante este mesmo Marselha) a qualificação para a final da então Taça dos Campeões Europeus. 

20 anos depois, reencontro de rivais com o estádio da Luz a registar empate a uma bola, com a curiosidade do golo marselhês ter sido marcado no minuto 89...

quinta-feira, março 11, 2010

Ruiva (versão wallpaper)

Soccer Notes

Hoje Liga Europa com Benfica e Sporting a tentarem safar a honra do convento e passarem duplamente à fase seguinte da competição menor de clubes da UEFA. Onteontem, dia do FCP provavelmente ter acabado um ciclo, com uma derrota humilhante e copiosa em Inglaterra. Jesualdo e alguns dos playmakers base desta equipa azul e branca, passaram do seu tempo de validade; tal como muitos dos dirigentes não adaptados à estrutura do novo futebol à escala globalizante. 

No entanto no futebol rei, tal como na vida, os incautos mortais tem a memória curta e esquecem que Jesualdo deu aos apaniguados do Dragão 3 ceptros de campeão cá do burgo. Mais uma vez se esquece o trabalho de fundo em detrimento dos resultados do imediato. No futebol, como na vida...

A Tabela

Nunca tiveram daquelas semanas em que, qual bola de bilhar, apanhamos a tabela a torto e a direito de tudo e de todos?! Bem esta semana tem sido pródiga em tal desiderato geométrico e desportivo. No entanto o jogo somente acaba quando o enquadramento pentagonal da coisa se ajusta. Confusos?! Apenas um pensamento alto sem muito nexo...

quarta-feira, março 10, 2010

Fala (quem sabe...)

"Mesmo que vença Taça da Liga e Taça de Portugal, depois da humilhação sofrida em Londres, Jesualdo Ferreira sairá sempre pela porta pequena do FC Porto, mesmo com três títulos de campeão no currículo nas quatro temporadas que esteve no Dragão. Parece um contra-senso mas não é, se for levada em linha de conta a ambição e o hábito de ganhar instituídos no emblema portista, presente em todas as edições da Liga das Campeões e que, esta época, corre o sério risco de não conseguir, sequer, o segundo lugar e consequente acesso à liga milionária. Uma catástrofe desportiva e, sobretudo, financeira"

Tudo Bons Rapazes...

Li nas noticias velhas de há uns dias atrás que Avelino Ferreira Torres foi ilibado "sem espinhas" de todas as acusações pendentes em inúmeros processos de indícios de corrupção e afins. Li também as inúmeras declarações em que Isaltino Morais fala como virgem púdica sobre o caso "Tagus Park". E fico sem saber que porra de país é este...

Porto Perdido

Janela Indiscreta (II)

Continuando...

Por vezes a densidade quase insuportável do dia a dia, resvala nesses caminhos e cultos de personalidades em que procuramos encontrar um naco de carinho e atenção; como se de uma montra de uma loja de roupa apetecível se tratasse. Continuo com a convicção que as respostas para a vida e suas curvas e ondas espumosas a esbaterem, se encontram na carne e na alma do contacto do dia a dia. das pessoas com que nos cruzamos, dos cheiros e aromas que interiorizamos, nos sonhos que queremos corporizar e assumir. Mesmo o sofrimento indesejável que surge; nos permite crescer rumo ao horizonte que brilha, mesmo que com uma luz por vezes imperceptível e ténue que nos parece ainda em versão meio acesa, meio apagada. 

Como em tudo na vida, na densidade real, o "segredo" passa por não nos deixarmos dominar pelas situações, quer no "corpo a corpo" do dia a dia, quer no "frente a frente" com uma tela fria de computador. Afinal, não devemos nos prender numa caixa de Pandora tecnológica...my opinion...

Janela Indiscreta (I)

O mundo, cada vez mais, se resume a um fluxo de teias interactivas que ligam de forma rápida e exponencial toda a humanidade de uma forma quase impensável há 10 anos atrás. O boom da internet; aliado aos ajustes tecnológicos que permitem que comuniquemos em tempo real em som e imagem, veio trazer também - paradoxalmente - o perigo do isolamento social. Na vida rápida e violenta que levamos no prête a porter do dia a dia, utilizamos a janela do nosso portátil para assumirmos por vezes outra(s) personagem(s) que não a nossa, corporizamos em fotos e perfis em redes sociais e afins o que não temos tempo para procurar - encontrar - no dia a dia. 

Na minha opinião, por vezes essa necessidade de ligação a "algo" torna-se numa doença, numa fobia em que perfis sucedem-se a perfis; em que identidades se cruzam com clones e nuances escamadas caso a caso. Vejo "isso" nas teias sociais activas a que pertenço e utilizo com regularidade. A necessidade exponencial de libertarmos a adrenalina e frustrações do dia a dia numa tela onde estão alguns amigos e muitos desconhecidos: O gajo casado mas insatisfeito que se esconde no anonimato, o predador sexual que tem os seus mecanismos de felino aguçados à espera da presa; o fulano ou a fulana que tem os processos rotinados para "dar umas fodas". Existe de tudo um pouco. Até aqueles que não sabem o que procuram.

Os espaços de interactividade em tempo real que nos permitem transmitir a uma teia maioritária de desconhecidos o nosso espírito, as nossas frustrações e anseios: Alguns reais, outros nem por isso. Procuro utilizar o Facebook, Hi5, Twitter e Blogger como estruturas de trabalho que me permitem chegar a um número alargado de pessoas; destilando sem máscaras e artifícios também um pouco do que sou como pessoa, minha identidade pessoal e colectiva; afinal marca e cunho que todos nós damos ao mundo.

Todos nós já passámos fases em que os refúgios e santuários públicos ou privados; com desabafos a amigos de coração ou a alegres desconhecidos, funcionaram como catalisadores de alma e de feridas em carne viva. Não podemos (não devemos) entrar é no jogo do Avatar; criarmos supra sumos de identidades e caminhos virtuais que nos levem a becos sem saída, que nos afastem do mundo real.

Continua...(já a seguir...)


Cookies...

Casa Vieira

Noite desaguada num Favaios em casa de amigos bem especiais; seguindo a romaria para o já pouso habitual de encontro quase em tom de tertúlia, na Casa Vieira. Costeletas aromatizadas com cogumelos e cenouras em molho divinal. Batatas aloiradas em tons redondos e finos, com arroz branco. No final, o toque celestial de um bolo de bolacha caseiro. Conversa destilada até a hora permitida pelo recolher obrigatório, fruto de mais um dia de trabalho.

terça-feira, março 09, 2010

Aquele Abraço

Lembrei-me da minha malta que labuta lá pró meu sul de origem, no Algarve que às vezes me parece longínquo, tal como se medisse a distância do Porto a Faro, como da China ao Brasil. Zéeei, Cuba, Luis, Jorge, Denny e Cª. Aqui fica "Aquele Abraço".

Crónica d'Adepto

Com o "andar da carruagem", cada vez mais me parece que o "meu" Benfica vai chegar ao final da corrida com o titulo de campeão no bolso. Apesar do assédio ao almejado ceptro, dado por parte do Sporting Bracarense (que o "outro" está enfim...), parece-me da mais elementar justiça dos deuses do Olimpo futebolístico que a equipa que melhor futebol pratica, com o maior número de vitórias, pontos e golos; seja aquela a dar uma alegria imensa à turba de 6 milhões cá do burgo. A minha sanidade de adepto irracional agradece...

Bunda...

Filhos do Pó

O mundo continua na sua escala gravitante entre o justo e o injusto. Tendencialmente o globo é uma vasta selva de extremos em que o intermédio e o ponto calibrado de equilíbrio não existe nas proporções devidas e expectáveis. Faço uma leitura rápida no google news, derivo para a wikipédia.org e pesquiso sobre o tema "Fome". 

Não vou entrar no caminho de metáforas filosóficas acerca da fome moral que grassa um pouco por todo o mundo. Falo da Fome, na sua frieza lapidar de quem quer pão para comer e não o tem. Falo das crianças na Palestina de estomâgo vazio e esburacado por anos de conflitos trucidantes. Falo da fome na Etiópia, no Sudão e na Eritreia. Penso - falo, escrevo - também da fome que já existe em Portugal e nos restantes países ditos desenvolvidos e industrializados. 

Mudo de esfera de pesquisa e vou para as páginas dos tablóides de referência; lentamente derivo para as web pages dos jornais desportivos e sites de banalidades. Envergonhado, reconheço a impotência para mudar o estado das coisas. Que serve escrever sobre a Fome quando nada posso fazer para mudar o estado das coisas. Merda de defeito o meu: O de querer sempre conseguir mudar as coisas para melhor...desligo o computador fodido...acendo um cigarro e olho o horizonte.

Ao Telefone Com...

Por vezes as obrigações profissionais "obrigam-nos" a falar com personalidades várias não somente na área do jornalismo per si, mas também nas nuances derivantes de toda a "tribo" de membros do grande grupo da área da comunicação derivante, de montante a jusante, de relações públicas, marketing  e afins. 

Hoje foi dia de ligar à excelente Jornalista Judite de Sousa. Conversa rápida mas agradável, e a certeza num curto telefonema de que o profissionalismo reconhecido à reportada, reflecte-se na atitude e postura demonstrada. Traduzindo em miúdos: Os grandes profissionais revelam-se também nos pequenos actos mundanos e na sua atitude perante a vida e perante as pessoas. 

Loja dos Chineses

Ontem à noite, jantar no chinês com companhia agradável de amigos. O pouso escolhido foi para os lados da Ribeira, recordando-me das noites vivenciadas na outrora pérola da Invicta no que toca à animação nocturna de bares, botecos e restaurantes.

 Sopa de ácido picante para devorar as entranhas, seguido de um magnifico crepe com picante. Escorrendo na noite, carne de vaca com amêndoas e uma massa divinal com aroma de ostras. Recordei, comi e hoje pago a factura do estômago não ter agora 20 aninhos...terá sido do vinho Gazela?!

segunda-feira, março 08, 2010

Curvas & Contra-Curvas...

M

Dia calendarizado para o culto (merecido) ás mulheres com "M" grande. Apenas aqui a lembrança simples mas sentida, derramada num pensamento forte e sincero para as Mulheres com "M" Extra-Large que fazem parte do meu percurso de vida. Obviamente, corporizo aqui esse pensamento colectivista e plural na figura doce e forte da minha Mãe: Virginia Maria Marques Correia...ADORO-TE...

Trocadilhos



Agito o teclado sem ideias claras acerca do que vou derramar textualmente. Acendo mais um cigarro; desta vez calmo e sem a sofreguidão de outros tempos. Sem inspiração, retalho palavras em frases curtas, ocupando espaço na tela para escalonar o texto equivalente a um post "diplomaticamente correcto". Rapidamente desisto do "politicamente correcto" (apercebo-me que atrás coloquei "diplomaticamente" mas não apago...) e parto para outros caminhos de densidade de alma e conteúdo.


Imagino na minha mente as memórias recentes, coso-as firmemente e procuro centrar-me no plano de trabalho da semana que está prestes a ser parida, sem dó nem piedade, somente com o gemido das manhãs que nascem fortes e estridentes, qual som de nós bebés a vir ao mundo com a fúria incontida e revolta plena de quem apenas quer seguir passo firme na vida.

Continuo sem conteúdo - sumo - para o post, sem carne para meter junto à ossada base de qualquer texto. Caio novamente nas frases curtas e trocadilhos sem muito nexo. Anicho-me na cama com o portátil no colo, afagado por 2 mãos que percorrem o teclado à espera que a inspiração surja forte e rodeada de magia. Penso em muitos fragmentos de tempo e espaço corporizados em rostos, cheiros e gestos. 

Rodopio e momentaneamente perco a batalha; amanhã novo dia e nova semana. As monotonias habituais e as supresas pelas quais ansiamos para cortar o tridente das rotinas das batalhas mundanas. Continuo a acreditar no AMOR, na firmeza das convicções e no tesão existencial que nos leva a todos, mais cedo ou mais tarde, a escolher caminhos sem o medo furioso que nos impede amiúde de agarrarmos a vida pelos cornos. Muitas vezes não existimos, apenas vegetamos na amálgama funda que constituem os nossos passos perdidos. Acaricio as almofadas e volto-me suavemente na cama. O amanhã espera-me já em sonhos. 

domingo, março 07, 2010

Alice (2º Tim Burton)

Moscatel (de Setubal)

Noite de Sábado passada no conforto e quente do lar ouvindo a chuva cair na companhia sempre desejada de amigos. Um bom Moscatel de Setúbal, intercalado por café aromático e cigarro(s) calmo(s), foi o mote para um serão bem passado na cumplicidade de conversas várias e sem conclusões de fundo. Afinal, acho que as conversas entre amigos não são para tirar conclusões Aristotélicas mas sim criar pontos de discussão  "sobre tudo e sobre nada"...

sábado, março 06, 2010

Gota(s)

Chove a potes no Porto. 

Por entre vento frio e chuva matreira, é possível vislumbrar as obras apressadas a desmoronar, as estradas a abrirem cicatrizes rasgadas no cimento e as pinturas "amanhadas" à pressa aquando das últimas eleições municipais. Em Monsanto o verde da zona molha-se de forma farta com as gotas abundantes emanadas pelos céus cinzentos e trovejantes. 

As palmeiras, perdidas no enquadramento arbóreo, agitam-se em par solidário, escorrendo lentamente num bailado estranho mas sensual. Passa pela minha mente uma noite simétrica e siamesa que me marcou para sempre...

Olhão no Porto

As boas e nobres gentes de Olhão (terra de meu pai), devem estar com um fel de frustração na boca após 81 minutos a ganharem ao todo poderoso FCP na própria Invicta. 

Tudo parece correr de mal a pior a este Porto sem sal de Jesualdo Ferreira. Entre um futebol descontinuado, faltas de rotinas de grande equipa e quebras nos padrões normativos exibicionais; esta equipa parece mesmo talhada para uma temporada frustrante em que a Liga parece cada vez mais se pintar de vermelho...resta saber se com tons Lisboetas ou do verde (vermelho) Minho...

X-Spot

A Criança (que deve existir em nós)

Confesso-vos que nunca percebi muita essa "cena" da divisão entre o mundo dos adultos e o equivalente das crianças. Nascemos e crescemos mental e fisicamente. Até a esta variante da história não existe muita dúvida na observação factual do que acontece desde o tempo em que a sensual Eva seduziu o incauto Adão e a cobra (cá para mim a cobra queria mesmo era "picar" o Adão...) enganou os 2 e, feito bufo (queriam que escrevesse "bufa"?!) delator, meteu tudo nos ouvidos celestiais de Deus. Seguimos para o estágio seguinte:A mulher desenvolve primeiro que o homem  a nível psicológico e físico.

Nada a opôr, pois lembro.me que no recreio da velhinha escola de São Luís em Faro, as meninas já providas de maminhas, gracejavam com as pilinhas pequeninas dos rapazotes incautos e exibicionistas, tendo conversas mais adultas e não promovendo concursos de peidos ou matando escaravelhos e queimando moscas (após operação meticulosa de retirar as asas às visadas...). Avançamos então para outra fase: A fronteira entre o mundo infantil e o complemento homónimo dos adultos. Bem...dei o meu primeiro beijo lingual e húmido aos 15 anos. Tive a minha primeira vez no limiar dos 16 e a primeira namorada a sério aos 17. Passei a fronteira?

Aos 18 marchei para a faculdade no Porto; conquistei uma falsa independência (alicerçada ainda na carteira dos meus pais...). Isso fez de mim adulto com passaporte para a vida adulta?

Sinceramente não sei (nem quero) responder a estas questões demasiadamente Freudianas e profundas(as pessoas passam metade da vida a responder e a colocar questões...). Sei apenas que quando vejo areia de uma praia tiro instintivamente os sapatos e colo os pés nus no areal molhado, que quando vejo putos na rua a jogar futebol arranjo  uma forma infantil de - nada subtilmente - conseguir dar uns pontapés na doce redonda. Sei que ainda muito tenho para aprender, e que ainda hoje com 35 anos me sinto um menino pequeno ao ouvir as histórias da minha avó "Tajana" ou a ouvir a censura gentil de meu pai e mãe.

Afinal acho que o segredo de uma vida bem vivida é mesmo sermos crianças no intimo de atitudes simples no mundo pré-lavado dos adultos cinzentos. "Aquele" mundo em que nos comemos vivos todos os dias, em que se assassinam taxistas para gamar  euros. Em que à nossa porta há gente a passar fome e olhamos para o lado na nossa altivez de maturidade adulta "não é nada connosco"

Esse - este - mundo às vezes cheira mal...muito mal...


sexta-feira, março 05, 2010

Mrs DJ (Mónica Seidl)

Do Baú...


Conto-vos sinteticamente (não tão sinteticamente assim...) uma pequena história que se passou comigo há cerca de meia dúzia de anos na Ribeira do Porto. Aqui o autor destas linhas locomovidas a cigarro e café, era relações públicas de 3 dos mais mediáticos bares dançantes académicos da Invicta (tom pomposo para denominar 3 tascos grandes, fenómeno de popularidade e alto impacto na camada académica do Porto). 

Numa  noite longa de festa louca, deparo-me com a visita sempre cinzenta de 2 agentes da bófia municipal cá do burgo. Entre os pedidos de licenças, as ironias fartas de ameaças e uma postura rude e arrogante; travou-se um daqueles diálogos de surdos-mudos extremado até ao tutano. Um dos elementos policiais, notoriamente "ganzado" (escrevo agora "alegadamente" para não ter problemas difamatórios, mas a questão não se coloca pois não menciono que os policias se chamavam Júlio e Paulo...); acusou-me de ser arrogante e prepotente (não o que estava ganzado, mas o gordo, sim para aqueles que conhecem a história...o Júlio) e de não respeitar a autoridade musculada (lógica salazarista e pidesca...) de quem não ouve e fala de cartilha viciada.

n.d.a Naturalmente a história acabou em multa punitiva por quem detém um falso poder, e numa troca de olhares glaciares entre as 2 partes envolvidas. Nada de estranho numa Ribeira que decaiu também pela má policia e autoridade ora musculada, ora obediente a servir interesses vários. 

Factual e Real.


Sombras & Pecados

Tripas à Moda do Porto (I)

Arrepio caminho rapidamente para comprar o pão do final de dia. Vento a esbater na chuva graúda que cai insistentemente, anunciando que a melhor opção de relax após um dia de trabalho é mesmo quadro paredes ao alto, aquecimento ligado e um bom digestivo após a refeição. No caminho um homem de barba mal amanhada revira o contentor do lixo. Gorro preto esburacado, com rosto seco e altivo. 

Reparo que as mãos, sujas no meio do lixo, estão cuidadas e aprumadas. Estranho contra senso este; tal como estranho é a porra do meu sentido de observação numa situação constrangedora com um semelhante do género humano. Por trás daquelas mãos cuidadas a remexer o lixo está a chave para o "segredo" que não tenho tempo (vontade) para descobrir. 

O telefone toca e é tempo de dar um beijo à Pipinha e à Ana; e aquele abraço ao Vareta. Dois dedos de conversa multiplicados em meia hora e sigo para o quente do lar. Olho para as minhas mãos e para a imundice das minhas unhas após um dia passado em frente do portátil a trabalhar e um maço de Austin (de contrabando) tragado. Afinal o segredo-chave está mesmo nas mãos...

Orgasmo(s)

O Dia Mundial do Orgasmo foi informalmente criado na Inglaterra no dia 31/07 por redes de sex shop.

Cit in Wikipedia

Abstenho-me de comentários...

A Pergunta

Será que com o actual enquadramento mundial de caos económico, desemprego galopante,e alterações climáticas radicais; o bicho homem ainda não se apercebeu que os comportamentos colectivos/individuais tem de mudar de forma bem, mas bem fuerte?!

quinta-feira, março 04, 2010

Photo-Finish

Noite de Encerramento do Aliados Winter Club versão Inverno...

Humildade vs Arrogância

Estou convencido das minhas próprias limitações - e esta convicção é minha força.



(Mahatma Gandhi)

Por vezes, forma recorrente, surgem-nos situações, actos e cenários; que nos levam para na penumbra frouxa dos lençóis de nossos pensamentos, para nos interrogarmos sobre nós mesmos e as relações com os outros. Por vezes temos que passar por doutos anjinhos ingénuos nos tropeções do dia  a dia; em outras ocasiões temos que assumir uma capa dura que resvala quase numa (falsa) arrogância absolutista. 


É difícil encontrar um ponto de equilíbrio no circulo que se nos depara constantemente. A vida é feita dessas quebras e rupturas, dessa procura constante de pontos de recalibração (palavrão sempre reinventado) em que procuramos na nossa coerência não nos trairmos enquanto pessoas na nossa ética e valor moral; mas também sem nos deixarmos espezinhar pelo fel destilado no ciclo simbiótico da vida fornicante. 

Humor Me...